Respeitar os assentos reservados

Pinterest

Pegar os assentos reservados à pessoas com condições especiais (idosos, gestantes, mães com crianças no colo, pessoas com deficiências etc) é um problema em qualquer tipo de transporte público. No Singapura, o Land Transport Authority juntamente com o Kindness Movement conduziu uma intervenção para diminuir esse tipo de problema.

Ao realizar uma pesquisa que envolveu 1.000 passageiros de trens, as organizações constataram o fato óbvio que o comportamento dos outros passageiros influencia a experiência do transporte público. Quando perguntados sobre como seus transportes poderiam ser melhorados, muitos passageiros sugeriram ampliar os sinais de assentos reservados. Estes comentários sugeriram que mostrar pistas visuais poderiam influenciar as ações das pessoas. Além disso, a pesquisa também descobriu que os passageiros de trens tendiam a aderir às filas existentes para entrar nas plataformas de trens, o que sugeria que o princípio de validação social também estava em ação.

Dessa forma, ao invés de simplesmente aumentar os sinais de assento reservado (como os passageiros tinham sugerido), a equipe usou uma variedade de frases positivas do estilo “gentileza gera gentileza” juntamente com a pintura diferenciada (colorida) dos assentos reservados. Dois meses depois da intervenção, a equipe realizou uma nova pesquisa, na qual 8 de 10 participantes concordaram que esses pequenos nudges eram efetivos para que os assentos reservados fossem utilizados por pessoas que realmente tinham deficiências ou outras condições especiais.

assentos_reservados

Fonte: Challenge: Approaching the Public Service Differently

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • Add to favorites
  • Email
  • Google Plus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *